A primeira temporada de 13 Reasons Why foi um fenômeno mundial, pois poucas séries voltadas para o público adolescentes falavam sobre temas sérios como o suicídio de forma tão aberta e esclarecedora. E por conta desse sucesso enorme, uma série que era para ter uma temporada foi renovada para a segunda e boa parte do público não ficou muito feliz com a notícia e se você me perguntar, eu vou ser uma das pessoas que vai te dizer que uma segunda temporada de 13 Reasons Why era desnecessária, mas após ter assistido e mesmo assim continuar achando que não era necessário, vejo também que foi bom ver os pontos de vistas dos outros personagens além da Hannah Baker (Katherine Langford).

Praticamente todos os personagens que anteriormente foram os “por quês” da Hannah decidir cometer suicídio cresceram como pessoas, após tragedia todos eles tinham em comum a tristeza por ter levado alguém ao extremo e se juntaram para se ajudar a  superar o acontecido e serem pessoas melhores, e acabaram ser tornando amigos.

Vimos muitas coisas que ficaram de fora da temporada passada e aprendemos muito mais sobre os personagens, mesmo que em alguns momentos a estória que estava a ser contada ali parecia muito distorcida se comparada com a temporada anterior. Mas acho que isso serve para vermos que nem tudo é apenas preto e branco e ninguém é só uma pessoa boa ou só uma pessoa ruim, há nuances no mundo real que precisavam ser mostradas também na série.

O mundo é um lugar difícil, as pessoas não tem empatia com os outros e quem tem mais dinheiro que o restante são capazes de ser sair impunes após cometerem crimes horríveis e isso é muito bem representado na série, o baque do julgamento dos Bakers contra Liberty High é o que provavelmente aconteceria se fosse um caso real, e o destino de Bryce Walker (Justin Prentice) após ser preso pelas acusações de estupro também.

Novamente a temporada acaba com sementes plantadas para uma próxima, e novamente eu to aqui pra dizer que é desnecessário. Eu odiaria ver temas sérios como os que essa série aborda sendo banalizados simplesmente para que mais temporadas de uma série popular sejam feitas. Mas se é mesmo para ter uma terceira temporada de 13 Reasons Why (o que é provável), então que seja uma temporada com o final que essa série merece desde seu primeiro ano.