Nessa nova série animada da Netflix nós acompanhamos as aventuras de Bean, uma princesa com sérios problemas com bebida alcoólica, Luci, um demônio enviado por uma organização secreta que tem planos para o futuro de Bean e Elfo, um baixinho cansado de viver num lugar onde todos eram felizes o tempo todo. (Des)encanto é a mais nova investida da Netflix no mercado de séries animadas, mas dessa vez o serviço de streaming apostou alto e trouxe ninguém mais ninguém menos que Matt Groening para o seu time de produtores. Se você não reconhece este nome, ele é o criador de Os Simpsons e Futurama.

Spoiler Alert! Eu gostei muito do desenho. Para efeito de comparação, eu assisti tanto a versão original do programa em inglês, quanto a versão brasileira do programa então vamos falar disso primeiro. O trabalho de voz em ambas as versões está muito bom mas se você é brasileiro, acho que a melhor maneira de ir com essa série (e eu não acredito que estou dizendo isso) é com a versão dublada.

Embora o texto original seja sim, muito bom, nem todas as piadas funcionam para o publico brasileiro. Mas não se preocupe,  isso não é um problema na versão dublada, eles fizeram um trabalho incrível ao incorporar a cultura da internet brasileira com maestria no texto da versão brasileira. Claro que nem sempre funciona, há alguns momentos que você vê que colocaram um meme famoso no texto só por colocar mesmo, mas há outros momentos em que os memes brasileiros se encaixam MUITO bem no contexto.

Assim como Simpsons e Futurama, o humor de (Des)encanto é muito ácido e gosta de brincar com aquilo de mais controverso da sociedade; machismo, a igreja, desigualdade e etc. E essa provavelmente não é uma série que vai te fazer gargalhar de rir durante o episódio inteiro, mas ainda assim temos nessa obra um humor inteligente e que vai sim te arrancar algumas boas risadas com suas situações absurdas e fantásticas que acontecem no Reino dos Sonhos.

O trabalho técnico da série é excepcional. E isso é difícil de você ver isso quando o assunto são as animações de televisão, especialmente da Netflix, mas a animação do programa está muito fluida e o mundo criado pelo Matt Groening se beneficia muito disso. Uma das minhas coisas favoritas, e que acontece muito, é quando a série fará uma transição de cena e eles misturam a técnicas de animação 2d com 3d em volta do castelo, é muito bom!

(Des)encanto ainda não é o melhor que poderia ser e isso provavelmente deve-se ao fato da série ter se rendido ao formato de temporadas de 10 episódios da Netflix, mas ainda assim foi capaz de surpreender com o desenrolar da estória de sua primeira temporada e com o cliffhanger incrível deixado para o próximo ano.


Disenchantment – 1ª temporada

8

A série do criador de Simpsons e Futurama acerta em cheio na qualidade da animação, piadas e personagens. É definitivamente uma série que você tem que ver, se gosta de desenhos adultos.

O Bom:
  • A Animação é Linda;
  • Dublagem em português excelente;
  • Áudio Original excelente.
  • Ótimo cliffhanger no final da temporada.
O Ruim:
  • Poucos episódios
  • As vezes os memes não encaixam na cena em que foram colocados.

Sugestões de posts para você :D