Quando Santa Clarita Diet lançou em 2017, eu me lembro muito bem da grata surpresa que tive quando assisti. Eu comecei essa série simplesmente pelo fato da Drew Barrymore estar envolvida, assim como muitos dos espectadores da série, mas posso te adiantar que continuo a ver até seu terceiro ano pois a série merece a minha atenção. Santa Clarita Diet é sem dúvida nenhuma uma das melhores comédias que você vai achar pra ver na televisão, isso se você tiver estômago pra ver.

Já conhece a nossa conta no Twitter?

Ao fim de sua segunda temporada, Sheila e seu marido Joel Hammond (Timothy Olyphant) entram numa enrascada quando a policial Anne os veem prestes a matar um cabeça zumbi. E depois de uma explosão que aconteceu logo enquanto a policial rezava pendido por um sinal, Anne acredita que a Sheila é uma enviada de Deus para matar as pessoas ruins. No entanto, o a policial não é a única complicação que a família Hammond tem durante a terceira temporada de Santa Clarita Diet. O casal também está sendo caçado por militares sérvios e caçadores de zumbis, e sua filha procurada pelo FBI por ter causado a tal explosão.

Essa comédia, apesar de trazer em seu repertório piadas de humor negro, consegue ser consciente e tem comentários muito relevantes para os dias de hoje, e é isso uma das coisas que eu mais admiro sobre Santa Clarita Diet. Sem se isentar de fazer comentários ácidos (mas com gentileza), e sem tomar partido político essa série aborda casualmente assuntos que você não esperaria ver sendo discutido ali, tais como estupro, machismo, racismo.

Elevando sua trama com calma à cada temporada, Santa Clarita Diet ainda não perdeu o seu charme. A sitcom continua sendo genuinamente engraçada e o desenvolvimento dessa nova mitologia de zumbis está sendo muito interessante. Dito isso, essa é uma série estranha. Eu nunca imaginaria que uma série cheia de mutilações, mortes violentas (e engraçadas) e com muitas piadas de humor negro me faria sentir tão bem. Pois mesmo com tanta coisa pesada acontecendo, o sentimento de felicidade em acompanhar a família Hammond nunca passa.

De sua própria forma, Santa Clarita Diet passa aquele sentimento de felicidade e leveza das séries que você assistia nas tardes da semana no SBT, como My Wife & Kids (Eu, a Patroa e As Crianças), As Visões de Raven ou Um Maluco no Pedaço.

Essa temporada se diferenciou um pouco de suas predecessoras pois também deu um pouco mais de importância para os dramas das personagens, como o dilema do Joel em aceitar ou não ser mordido por Sheila, ou os problemas com o FBI e o romance de Abby e Eric. Dramas que estão presentes do inicio ao fim da temporada, mas na medida certa.

Não há muito mais o que dizer, a estória da série e sua nova mitologia de mortos vivos é muito interessante, as piadas são genuinamente engraçadas e inteligentes, a série é autoconsciente e tem comentários super relevantes e com toda a certeza vale ser assistida (novamente, se você tiver estômago para isso). Uma quarta temporada ainda não foi confirmada, mas com o cliffhanger do final do ultimo episódio eu realmente espero que seja confirmada e logo.

Santa Clarita Diet – 3ª Temporada

9

Com a dose certa de comédia, drama, novas informações na mitologia de zumbis criada para o programa e também comentários sociais relevantes, a terceira temporada de Santa Clarita Diet não decepciona.

Sugestões de posts para você :D