Após a polêmica pela falta de diversidade dos indicados de 2016 e o alto percentual de integrantes brancos e masculinos na banca, a Academia sofreu duras acusações de machismo e racismo, resultando até em um boicote ao evento, onde diversas celebridades se recusaram a comparecer na noite de premiações e aderiram o discurso de #OscarSoWhite.

Em busca da diversidade e renovação, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas resolveu mudar a situação prometendo mais diversidade no quadro de membros. O número de cada ano vem crescendo para evitar as críticas, mas o aumento deste ano foi maior. Tradicionalmente, eram menos de 200 convites por ano. Após começar a tentativa de renovação, foram 276 convidados em 2013, 271 em 2014 e 322 em 2015. Entre os convidados, 46% são mulheres e 41% de etnias diferentes de caucasianos. Segundo o THR, antes dos convites, os 6.261 membros que votavam no Oscar eram 76% homens e 93% brancos.

Foram convidados os diretores Anna Muylaert (Que Horas Ela Volta?), Alê Abreu (O Menino e o Mundo) e o diretor de fotografia Lula Carvalho (Tropa de Elite). E demais brasileiros, como o ilustrador Rodolfo Damaggio (Tomorrowland), o animador Renato dos Anjos (Zootopia), da parte de edição Affonso Gonçalves (Inverno na Alma) e Pedro Kos (Lixo Extraordinário), a roteirista Vera Blasi (Sabor da Paixão), o produtor Rodrigo Teixeira (A Bruxa) e os compositores Antonio Pinto (Amy) e Marcelo Zarvos (Rock em Cabul).

A representativa fica ainda mais evidente na convocação de nomes como Lana Wachowski, Idris Elba, John Boyega, Oscar Isaac e James Wan.

Entre os atores que se destacam, são alguns deles: Brie Larson, Emma Watson, America Ferrera, Michael B. Jordan, Tina Fey, Xavier Dolan, Kate Beckinsale, Chadwick Boseman, Andrew Garfield, Tom Hiddleston, Rachel McAdams, Eva Mendes, Michelle Rodriguez, Alicia Vikander.

Já entre os diretores, temos Ryan Coogler (Creed), Anne Fletcher (A Proposta), Cary Joji Fukunaga (Beasts of No Nation), Patty Jenkins (Mulher-Maravilha), Phyllida Lloyd (Mamma Mia!), Adam McKay (A Grande Aposta) e Nicolas Winding Refn (Drive).

Entre os brasileiros que já haviam sido convidados para a Academia em anos anteriores estão a atriz Sonia Braga, os diretores José Padilha, Walter Salles, Hector Babenco e Bruno Barreto, o músico Sérgio Mendes e o documentarista João Moreira Salles.

Veja no site da Academia a lista completa com os novos convidados.

Divulgado o trailer e pôster de “Vidas Partidas”

Ver Notícia Anterior

Filme do Pica-Pau ganha sinopse e data de estreia no Brasil

Próxima Notícia

Sugestões de posts para você :D