The Catch: 2×01 – The New Deal

The Catch consegue manter a qualidade de produção de sua primeira temporada, e inicia seu segundo ano com um ótimo episódio.

The Catch é a série “diferentona” da nossa querida Shonda Rhimes, pois ao contrario de suas outras produções (Grey’s Anatomy, How to get away with Murder e Scandal), essa segue um ritmo mais leve e gostoso de assistir, mas engana-se quem acha que por isso a série tem menos plot twists característicos da produtora.

Mantendo o costume, em The Catch temos uma forte protagonista que é interpretada pela maravilhosa Mireille Enos no papel de Alice Vaughan, uma detetive particular bad-ass de Los Angeles, que na primeira temporada descobriu que seu noivo era um golpista procurado pelo FBI e que roubou toda as economias dela e fugiu. O problema, é que ela já havia se apaixonado por ele e vice-versa, e após muitos plot-twists no decorrer dos 10 episódios da primeira temporada, Benjamin Jones (Peter Krause), teve sua redenção após se entregar para o FBI por conta de seus crimes.

A série retorna em sua melhor forma, com um episódio que fluí muito bem e roteiro e direção excepcionais o retorno de The Catch conseguiu prender a atenção de boa parte do público com revelações do passado de Alice e mostrando um pouco de onde cada personagem da primeira temporada está agora na trama.

Após o escândalo com o FBI, a firma de Alice e Valerie perdeu todos os seus clientes, mas as duas se recusam aceitar casos que não sejam no nível em que estão acostumadas. Fazendo sua primeira aparição, neste episódio conhecemos Thomas Vaughan (T.R. Knight), o irmão da Alice, que chegou em uma ótima hora, trazendo justamente o que Alice e Valerie mais precisavam naquele momento; um caso (mesmo que ele não vá pagar).

Para Benjamin as coisas estavam indo bem, ele havia acabado de conseguir um acordo com o FBI, no qual ele trabalharia infiltrado em uma máfia. Mas seu amigo Rhys Bishop (John Simm), antigo chefe da Firma Kensington (máfia para qual Benjamin e Margot trabalhavam na primeira temporada), consegue com que Benjamin fuja da prisão podendo colocar seu antigo acordo em risco. Já Margot (Sonya Walger), agora sendo a chefe da Firma Kensington, precisa enfrentar um motim que pode acabar custando sua vida, então ela se vê sem escolhas a não ser contratar a firma de Alice para investigar e cuidar de sua segurança pessoal.

Fiquei muito feliz de ver que os roteiristas da série não perderam o jeito, e conseguiram manter a série com um clima leve e divertido e ainda trazer novos problemas para os personagens lidarem. Tivemos aqui um episódio incrível, que manteve a ótima qualidade de produção da primeira temporada, trazendo locações lindas e uma ótima fotografia e ainda com revelações importantes para a trama, introdução de novos personagens e uma possível despedida de outros. O que mais poderíamos esperar de uma série produzida por Shonda Rhimes?

  • One_Two_Three_Four

    Rhys Griffiths, not Bishop.