Stan Lee acusa ex-empresário de abuso, fraude e roubo de sangue
  /  Entretenimento   /  Stan Lee acusa ex-empresário de abuso, fraude e roubo de sangue

Stan Lee acusa ex-empresário de abuso, fraude e roubo de sangue

Esses últimos dias têm sido ao menos complicados para o criador de alguns dos maiores heróis da Marvel, Stan Lee. Após negar as acusações de abusos físico e psicológicos e golpes que envolviam sua filha, J. C. Lee, e suas enfermeiras, parece que agora o ex-quadrinista está processando seu ex-empresário por abuso de idosos, fraude e até mesmo por um esquema, no qual vendia sangue para colecionadores.

Segundo informações do site Deadline, que revelou detalhes do processo, a ação descreve que Jerardo Olivarez teria tomado controle das finanças e transferido aproximadamente US$ 4,6 milhões para sua própria conta e outro ativos para seu nome sem autorização. O ex-agente ainda teria perdido muito dinheiro por conta de péssimos acordos.

Além disso, Olivarez também teria instruído uma enfermeira a fazer uma coleta de sangue de Stan Lee, em outubro de 2017, visando comercializar para colecionadores em Las Vegas. O homem afirmou que o sangue seria vendido como tinta de canetas, após um acordo firmado com a Marvel. A editora de quadrinhos negou a acusação.

Lembrando que Lee passou por diversos problemas de saúde recentemente. O último caso que chamou atenção dos fãs e da mídia foi na Silicon Valley Comic Con, no qual ele aparece bastante debilitado e fraco demais para autografar uma HQ.