Resenha: How to Get Away With Murder – 4ª temporada
  /  Colunas   /  Resenha: How to Get Away With Murder – 4ª temporada

Resenha: How to Get Away With Murder – 4ª temporada

Justo quando todos pensavam que não tinha como How to Get Away With Murder manter sua qualidade das duas primeiras temporadas depois da decepção que foi a terceira, chega a quarta temporada para tirar essa ideia da nossa cabeça trazendo no decorrer de seus episódios uma nova interação entre os personagens. Temos aqui a Annalise de volta aos tribunais sendo genial como de costume e uma temporada que mata vez por todas (assim espero) a mania de todo o elenco ficar culpando a Annalise por tudo de ruim que acontece em volta deles.

Eu confesso que comecei a assistir essa temporada com os meus dois pés atrás porque eu achava que estava tudo se encaminhando pra uma repetição sem fim, e no começo não tinha muita novidade mesmo, era tudo só um pouco mais do mesmo. Felizmente, isso não dura muito e logo podemos ver o caminho que essa série está trilhando para o seu quarto ano, e que caminho incrível meus amigos.

A relação que foi desenvolvida entre a Annalise Keating (Viola Davis) e o psicologo Isaac Roa (Jimmy Smits) foi muito boa e intensa, e os dois deram um show de atuação quando as coisas entre eles começaram a se complicar.

Mas é realmente muito interessante ver que os roteiristas dessa série simplesmente não deixam a personagem de Viola Davis ser feliz nem por um episódio, sempre tem algo pra estragar tudo. Repare que justo quando ela achou que suas visitas ao terapeuta estavam lhe ajudando, algo acontece pra destruir tudo o que eles tinham construído e estragar tudo, é uma pena. Mas talvez seja por que eles gostam de ver a Viola Davis atuando incrivelmente, gritando, passando por problemas e sendo humana. Eu gosto também, mas por favor, deixem-a descansar pelo menos um pouquinho na 5ª temporada, eu imploro.

Minha coisa favorita nessa temporada foi ver como a relação do Connor (Jack Falahee) e a Annalise evoluiu, e finalmente. Eu já não aguentava mais ver ele sendo rude e ingrato com ela depois de tudo que Annalise fez por ele, e ver os dois trabalhando juntos para ganhar aquela ação coletiva foi incrível.

E melhor que ver Connor Walsh e Annalise Keating trabalhando juntos, foi ver Olivia Pope (Kerry Washington) e Annalise trabalhando juntas, o crossover de How To Get Away With Murder e Scandal foi incrível e é uma pena que tenha acontecido justo agora quando Scandal está para acabar. Mas a minha esperança (e de todo mundo) é que em próximas temporadas de HTGAWM tragam Kerry Washington de volta para participações especiais.

E pela primeira vez em quatro temporadas, How to Get Away With Murder termina  o episódio final de forma bem calma. Nos últimos minutos eu estava extremamente apreensivo esperando alguma revelação importante acontecesse… Mas não, nada. E isso foi para o melhor, é bom que em uma série como essa tenhamos esses momentos de “calma, tudo vai ficar bem” mesmo quando a gente sabe que não vai durar muito. Uma incrível 4ª temporada, e que a próxima continue trazendo ainda mais novidades para evitarmos um trágico cancelamento pela ABC pois a audiência já não é a que era antes.