Há 10 anos atrás, estreava no canal CW a série que apresentou a jovens do mundo inteiro a vida glamurosa no Upper East Side dos filhos da elite de Nova York. Apesar de todos os privilégios, a trama mostrava que eles também passavam por vários problemas que caracterizam a juventude e suas consequências.

Um ponto alto da série era seus personagens com personalidades completamente diferentes mas que se ajudavam na maior parte do tempo, além da aparição de famosos e bandas entre os episódios, aumentando sua popularidade. A grande trama da história era tentar descobrir quem estava por trás do blog ”Gossip Girl”, que revelava os segredos dos protagonistas.

Também havia personagens que inicialmente não se encaixavam no cotidiano do Upper East Side, como o núcleo da família Humphrey, do Brooklyn. Com o passar dos episódios acompanhamos o choque de realidades ocasionado pela aproximação entre eles.

Gossip Girl foi responsável por alavancar a carreira de atores como Penn Badgley (Dan Humphrey), Blake Lively (Serena van der Woodsen), Ed Westwick (Chuck Bass) e Leighton Meester (Blair Waldorf), até então jovens desconhecidos que tiveram suas vidas transformadas pela popularidade alcançado pela série.

O programa ficou no ar até 17 de dezembro de 2012, após 6 temporadas e 121 episódios. Virou uma cultura popular de Nova York, tendo o ”Dia de Gossip Girl” em 26 de janeiro para comemorar a data do episódio 100. A cidade proporciona a turistas e fãs um passeio pelos cenários que ficaram muito conhecidos na série. Com uma ótima trilha sonora e figurinos marcantes, é até hoje uma das bem mais sucedidas produções televisivas voltada para o público adolescente, tendo uma legião de fãs mesmo após 10 anos de sua primeira exibição. Eles comemoraram muito no Twitter: