Crashing – 1×01: Piloto

Criado por uma família superprotetora, Pete (Pete Holmes) é casado com o seu amor da infância e sonha ser um bem-sucedido comediante de stand-up. Mas quando pega a mulher (Lauren Lapkus) em uma situação comprometedora com outro homem, ele vai para Nova York, onde acaba dormindo nos sofás de outros “amigos” comediantes, e vive um processo difícil de aprendizado sobre a vida e sobre si mesmo.

Primeiras Impressões da série:

Pete é um homem ingênuo, que não vê os problemas como eles realmente são, simplesmente ele releva e busca outra maneira de se viver. O sonho dele é se tornar comediante, e faz amizade com um de seus ídolos, que acaba atrapalhando ainda mais a vida dele.

Todos os problemas e situações são visto de um jeito engraçado, até porque tudo o que acontece de trágico não seria nada engraçado em nossas vidas. Uma história de um comediante, só podia ser hilária. Com um conteúdo adulto, sexo é bem constante e explícito, mas visto de forma e situações cômicas.

Uma boa série de comédia para se descontrair e dar umas boas risadas, mas não chega a ser uma série que te faça acompanha-lá.

Com oito episódios de meia hora de duração cada um, Crashing estreia dia 19 de fevereiro na HBO.